“O Astro” perde audiência a cada semana mesmo com história forte e bem realizada

A queda de audiência da principal homenagem da Globo aos 60 anos de teledramaturgia brasileira está preocupando os principais diretores da emissora e retomou uma antiga discussão: a importância do respeito aos horários. “O Astro” é um excelente trabalho de Alcides Nogueira, um texto forte em homenagem a Janete Clair, tem ótimas interpretações e uma fotografia invejável, mas é vítima da oscilação constante de horários. Às terças-feiras costuma começar às 23h, às quintas por volta das 23h15 e às sextas nunca antes das 23h25. Pequenas diferenças que incomodam o telespectador. Mas o pior acontece às quartas, quando o capítulo é exibido após o futebol, alguns minutos antes da meia noite.

“O Astro” está em sua décima semana e já caminha para os momentos mais decisivos. Por isso, a Globo não tem economizado nas chamadas durante a programação para atrair o telespectador.

Segundo dados obtidos pelo “Parabólica JP”, “O Astro” registrou 24,2 de média em sua primeira semana (12/07 a 15/07). A semana seguinte fechou com 19,5, subindo para 21,1 nos capítulos exibidos entre 26/07 e 29/07. Depois, voltou a cair. 20 de média na quarta semana, 19 na quinta, 18 na sexta, 17,8 na sétima, 17,6 na oitava e 16,8 na nona semana. Este é o resultado direto da oscilação (mesmo que pequena) dos horários dos capítulos. Diretores da Globo afirmam que, mesmo com esta redução, “O Astro” está bem acima do que a Globo marcava neste horário no ano passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s