Record analisa na semana que vem o trabalho em Guadalajara e a queda de audiência de Rebelde

A próxima semana será de reuniões na Record para a avaliação final dos trabalhos nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. A ideia é apontar os erros e os acertos e se preparar para as Olimpíadas de Londres, no ano que vem. Integrantes da comitiva que esteve no México reconhecem que muitas coisas não saíram como devia, mas ressaltam alguns pontos positivos e o avanço da emissora na cobertura de grandes eventos esportivos.

O que mais incomodará a alta cúpula da Record será a audiência, mesmo com os levantamentos que apontam a entrada de um público das classes A e B e a manutenção da vice-liderança no prime-time. Os índices não foram tão acima do que a emissora costuma marcar nos horários em que os jogos foram transmitidos e estão longe dos sonhos dos executivos da Barra Funda. Desde o início do ano, nas conversas mais informais, os jornalistas eram bombardeados com a projeção de que durante o Pan-Americano a Record ultrapassaria a Globo com jogos no horário nobre. O cenário desenhado lá atrás não se concretizou, nem na quinta-feira quando a Seleção Brasileira de Futebol Feminino disputou a medalha de ouro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s