Anterior “A Fazenda” estreia de surpresa até o final de maio Próxima Confira como foi a disputa pela audiência na segunda-feira Notícias “Supernanny” fará dobradinha aos sábados com o “Esquadrão da Moda”

A nova temporada do Supernanny ocupará as noites de sábado, numa dobradinha com “Esquadrão da Moda”. O reality de Cris Poli entrará no ar nas próximas semanas e ocupará a faixa das 21h15, o que acarretará em mudanças no “Cine Família”. Há quem acredite que a sessão de filmes será cancelada e o “Belas Artes” antecipado em uma hora. “Supernanny” já está comercializado e seu retorno publicitário é a garantia de uma temporada completa, situação muito parecida com o “Esquadrão da Moda”.

Anúncios

SBT vai produzir no Brasil uma versão de “Big Brother”

 O SBT é a cara do Sílvio Santos

Agora é oficial: o SBT vai produzir no Brasil uma versão de “Big Brother”, programa de TV-realidade que virou febre mundial.

Nesta semana, a emissora assinou contrato de co-produção com a Endemol Entertainment, empresa holandesa que detém os direitos do programa. Detalhes do acordo não foram revelados.

José Roberto Maluf, vice-presidente do SBT, e Alfonso Aurin, superintendente de engenharia, estiveram na semana passada na Holanda, visitando a sede da Endemol. Dois executivos da Endemol devem vir ao Brasil nos próximos dias para acertar detalhes da produção, segundo o SBT.

A emissora ainda não definiu quando o programa será exibido, onde será gravado e quem será o apresentador.

Da mesma linha do “No Limite”, da Globo, “Big Brother” é um programa em que pessoas comuns exibem seu cotidiano. Não é uma gincana e se passa dentro de uma casa.

Versões do programa estão sendo exibidas nos Estados Unidos, Inglaterra, Espanha e Portugal. Nos EUA, não está fazendo tanto sucesso quanto “Survivor”, que inspirou o “No Limite”.

As informações são da Folha de  São Paulo

Com desafetos, Tom Cavalcante é descartado na ‘Globo’

Tom Cavalcante no Tom do Tom

O humorista Tom Cavalcante continua sem emprego fixo. Ele, que deixou a Rede Record no fim de 2011, estava em negociação com a Rede Globo, mas acabou sendo vetado.

De acordo com a coluna “Outro Canal”, da “Folha de São Paulo”, publicada nesta quinta-feira (23), Tom foi descartado por ter vários desafetos com o alto escalão da emissora.

Ele esteve na “Globo” durante vários anos, esteve no humorísticos “Sai de Baixo”, “Mega Tom”, e acumulou inimizades.

No “SBT”, ele também não deve ir, uma vez que brigou com o dono da emissora, Silvio Santos, ao fazer uma imitação no humorístico da Record.

Pânico começa a gravar para a Band na segunda-feira

As primeiras cenas externas do “Pânico na TV” em sua casa nova, a Bandeirantes, devem começar a ser gravadas a partir da próxima segunda-feira, de acordo com a coluna de Flávio Ricco, do jornal “Diário de S.Paulo” desta quinta-feira (23).

Os humoristas do “Pânico” voltaram ao batente há onze dias, mas nada do que eles fizeram para a Rede TV! na última semana deve ser aproveitado, uma vez que eles ainda utilizavam o microfone com o cubo da antiga emissora.

A estreia do “Pânico” na Band deve acontecer na segunda quinzena de março, mas ainda não foi confirmada. Segundo a publicação, ainda não se sabe se a apresentação será feita dos estúdios do Morumbi ou da produtora Quanta

Jornalismo factual será a grande arma da Record contra Fátima Bernardes

Assim que passar o carnaval, os executivos das redes de TV do país estarão envolvidos quase que exclusivamente com a estreia de suas novas grades. As novidades (todas já definidas, mas guardadas a sete chaves) chegarão à tela entre a segunda quinzena de março e primeiros dias abril e exigirão muitas reuniões para que nenhum detalhe fique fora das estratégias de lançamento. Globo, Record, SBT, Rede TV e Band apostam alto em suas novidades (mesmo que sejam renovações de temporadas), mas estão atentas aos passos de suas concorrentes para que consigam ganhar onde o outro não vai bem.

Neste sentido, já está praticamente certo na Record que o jornalismo será mais exigido na guerra contra o “Programa da Fátima” e nos bastidores há quem afirme que os assuntos mais leves perderão espaço no “Hoje em Dia” para que Celso Zucatelli possa repercutir os fatos do dia. “Será uma guerra de jornalismo, já que esta é a nossa melhor arma e a que demonstra ser mais eficiente”, afirma um diretor da Record que pediu para não ser identificado. Lá na Barra Funda, depois da dramaturgia, os principais índices são registrados nos programas assinados pelo departamento de jornalismo, que, aliás, responde por 6 produtos diários (Balanço Geral, São Paulo no Ar, Fala Brasil, Record Notícias, Tudo a Ver, Jornal da Record), além dos semanais “Domingo Espetacular”, “Esporte Fantástico” , “Repórter  Record” e “Câmera Record”.

Já na Globo, a ordem é manter em suspense a data de estreia de “Gabriela”,   a próxima novela das 23h que será usada estrategicamente para enfraquecer as transmissões dos Jogos Olímpicos de Londres e a nova temporada de “A Fazenda”. Ninguém nega que a dramaturgia é o principal produto da Globo e, bem realizado, monopolizador de audiência.

A guerra de nervos está traçada entre os executivos da Globo e da Record, mas não pense que SBT, Rede TV e Band estão fora do ringue. As três redes entrarão na luta com suas armas e visam ganhar alguns pontos durante 2012.

SBT estreia novo projeto infantil todo gravado em externa

O SBT inicia neste sábado o projeto “Dia no Parque”, um programa infantil que tem como cenário um parque de verdade. A atração será mensal, sempre no último sábado do mês e comandada por Yudi e Priscilla. No vídeo o público acompanhará uma manhã dos apresentadores no Hopi Hari, com direito a aventura nos brinquedos que exigem muita coragem e adrenalina. Quem acompanhou as gravações garante que o “Dia no Parque”  tem ritmo e atrativos suficientes para conquistar audiência. O novo projeto infantil é voltado para crianças entre 5 e 11 anos de idade.

SBT investe no carnaval de olho no resultado comercial

O SBT vai apostar todas as suas fichas no carnaval 2012 com direito, inclusive, a uma edição especial do SBT Repórter no dia 13 de fevereiro. A transmissão da festa em Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo terá início às 21h30 da sexta-feira, dia 17, com sinal direto da capital baiana. Lá estarão

Celso Portiolli, Karyn Bravo, André Vasco, Helen Ganzarolli, Lígia Mendes e Léo Sampaio.  No sábado, além de Salvador, o SBT apostará no desfile do Grupo de Acesso e escalou Eliana, Carlos Nascimento e Simone Queiroz, além dos comentaristas João Wlamir, Arlindo Grund e Miro Ribeiro. A emissora também registrará o Desfile das Campeãs de São Paulo.

Neste ano, as transmissões do carnaval serão 100% em HD e contarão com 2 estúdios nos circuitos Campo Grande e Barra Ondina (Salvador), mais de 50 câmeras e 500 profissionais. O SBT resolveu aumentar seu investimento no carnaval após os resultados comerciais do ano passado. No mercado acredita-se que cada uma das quatro cotas nacionais do carnaval 2012 foi vendida a R$ 5 milhões, além dos valores dos pacotes regionais. No sBT a ordem é apostar em produtos de grande apelo comercial, deixando de lado a preocupação exclusiva com os números de audiência.

Confira como foi a guerra pela audiência na quarta-feira

Há quem acredite que parte da audiência que era de “Chaves” se transferiu para o “Brasil Urgente”, que ontem disparou e atingiu 17% do público do horário. Com isso, os índices do “Jornal da Band” também subiram. Na Globo, “Vídeo Game de Verão” recuperou a audiência da estreia, mas ainda está longe do que os estrategistas esperavam.

Abaixo, você confere os principais números da quarta-feira.

“Programa Livre” vai voltar. SBT procura apresentador

De acordo com o jornal extra o SBT procura um apresentador. O “Programa livre”, que foi apresentado por Serginho Groisman, vai voltar à grade da emissora, no mesmo horário do antigo, lá pelo fim da tarde. A ideia é achar alguém com uma pegada jovem, mas com experiência. André Vasco é um dos apresentadores cotados para comandar a atração.

Pronto!!! Vem ai mais um Big Brother Brasil cheio de homens e mulheres sarados e sem novidades

Começou a corrida pelo “Big Brother Brasil”, principalmente em relação a informações sobre o passado dos participantes escolhidos pela equipe de Boninho. Daqui a pouco, os sites especializados no reality colocarão em destaque fotos e perfis para os apaixonados pelo programa.  Desta vez, para não correr risco com rejeição do público com personagens muito diferenciados, a direção do reality apostou somente nos tipos fortes, nas mulheres bonitas e naqueles que não ficarão tímidos com pouca roupa ou nas conversas mais apimentadas.

Entre os 12 participantes estão modelos, estudantes, empresários, pecuarista, mister  Brasil que já posou nu e professor de muay thai que fez ensaio com musa do Brasileirão. Isso é uma prova que no “Big Brother Brasil” vale muito mais o trabalho do olheiro da produção do que o processo de inscrição através de vídeos para fechar os 12 participantes. Todos querem muito mais que o prêmio em dinheiro. Eles estão ali para os 15 minutos de fama e acreditam que o “Big Brother Brasil” poderá transformar suas vidas e projetá-los na carreira artística, como aconteceu com Grazi Massafera ou Sabrina Sato. Será que sairá mais um?

O fato é que o “Big Brother Brasil” estreia na próxima terça-feira para fisgar sua audiência (infelizmente vai conseguir, mesmo que você tente resistir ) e para faturar muito com os telefonemas e ações comerciais espalhadas nas diversas provas e edições dos melhores momentos. E não espere nada de diferente, porque ninguém é louco de arriscar muito. A fórmula do BBB é de sucesso e só cabe à equipe brasileira selecionar bem o elenco e administrar da melhor forma possível os participantes nas próximas semanas. O prêmio será de R$ 1,5 milhão para o vencedor, R$ 150 mil para o segundo colocado e R$ 50 mil para quem ficar em terceiro.